segunda-feira, 11 de maio de 2009

Coração calado

Há dias tento achar a saída

o tema que habitará a postagem

a voz que ecoará nos escritos do blog

mas nada que penso fala por mim

nada que escrevo ganha sentido

nada que sinto, tem sentimento.

Tem coisa mais triste, para um romântico assumido, que não estar apaixonado? Nunca neguei uma paixão, nunca omiti um caso, sou uma apaixonda convicta.

Eis o grande problema de uma pseudo-inutil-existência.

"Fiquei te esperando sem poder dormir
Só pensando em quando e por quê
Ficou tudo assim, ficou tudo assim.

Pergunto e você não quer me responder
Pra evitar meu abraço você
Vira as costas pra mim, vira as costas pra mim.

Se a rotina da vida fez o sonho acabar
Eu me sinto perdido sem entender nada
Vem me ajudar, vem me ajudar.

O silêncio é uma faca cortando o coração
De quem vê o seu amor dissolvendo na mão
Me salve eu não posso aceitar te perder sem saber a razão."

Mas, poucas, porém importantes são as perguntas que faço: Quem é você? Qual a rotina, de qual vida? De onde veio? Aliás, você veio? Chegou? Existe? Se nem sei quem é você, como saber "onde foi que eu errei"?

Há quem diga que estar apaixonado é uma droga. Ok, respeito a opinião, mas pra mim, uma droga é não estar apaixonado.

Ficar por ficar, tesão, sedução, desejo, otimo, tudo lindo. Mas quando precisa-se do sentimento, cadê? É, assunto sério esse. 

Há pessoas que odeiam sofrer por amor. Tomar um fora é o pior coisa do mundo. É, sou esquisita.

Pior coisa do mundo, pra mim, é revirar a agenda do celular, a lista de e-mail, os contatos do MSN e não encontrar ninguém pra mandar um "oi, como vai, saudades".

Não, não quero alguém pra dizer "Eu te amo", não tenho condições de amar, não agora, não nessa reviravolta de ações e emoções. Eu só quero gostar, só estar a fim...

(texto inacabado, porém publicado)

2 comentários:

Topper disse...

Bonito o post dessa semana....

beijo

T@u! disse...

E meu amigo Topper voltou...
curiosa pra saber quem é você...
alias, muitas visitas de curitiba, curiosa pra saber quem são vcs... não é só Nachali que me visita!